Delegação nacional viaja neste sábado (30) para San Luis, na Argentina, local da competição

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

A Seleção Brasileira está definida para o Campeonato Sul-americano Feminino 2022, que será jogado em San Luis, na Argentina, entre os dias 1º e 06 de agosto. Após duas semanas de treino, a comissão técnica divulgou as 12 jogadoras que viajam neste sábado (30 de julho) para a competição que distribui quatro vagas para a FIBA Womens AmeriCup 2023.

Nesta sexta-feira (29 de julho), último dia de treino em Salto (SP), a equipe nacional recebeu a visita da população saltense e do prefeito Laerte Sonsin Júnior. Também esteve presente a vice-presidente da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) e diretora do naipe feminino, Paula Gonçalves.

“A maioria das jogadoras já conhece o nosso método e vamos entrosar com as novas que estão chegando. Queremos um grupo forte e coeso. Com esse propósito de disputar o título do Sul-americano e trazer essa medalha para o Brasil”, explicou o treinador José Neto, que cortou a armadora Carina Martins, do Ituano Basquete, antes de definir o grupo final.

A Seleção Brasileira, que viaja neste sábado (30 de julho), treina em San Luis antes da estreia, que está agendada para 1º de agosto (segunda-feira), às 18h30 (de Brasília), contra a Colômbia.

Na fase inicial do Campeonato Sul-americano 2022, o Brasil integra o Grupo B, ao lado da Colômbia, Uruguai e do Chile. No Grupo A figuram a anfitriã Argentina, Paraguai, Venezuela e Equador. De acordo com a forma de disputa, na primeira etapa as nações jogam entre si, dentro das suas respectivas chaves, em turno único, e os dois primeiros de cada se qualificam para a semifinal 1º colocado do Grupo A x 2º colocado do Grupo B e 1º colocado do Grupo B x 2º colocado do Grupo A. Os vencedores decidem o título.

Seleção Brasileira

Armadoras: Débora Costa (Ituano Basquete) e Alana Gonçalo (Sampaio Basquete)

Alas/Armadoras: Tainá Paixão (Sampaio Basquete), Gabriella Soares (Sesi Araraquara) e Isabela Ramona (Sodiê Doces/Mesquita/LSB)

Alas: Patrícia Teixeira (Sampaio Basquete) e Leila Zabani (Unisociesc/BF Blumenau)

Alas/Pivôs: Vanessa “Sassa” Gonçalves (AD Santo André), Emanuely de Oliveira (Vera Cruz/Campinas) e Stephanie Soares (Iowa State Unversity-EUA)

Pivôs: Érika de Souza (Sampaio Basquete) e Kamilla Soares (South Carolina Gamecocks-EUA)

Comissão Técnica: Maria Paula Gonçalves da Silva (diretora do naipe feminino), Adriana Santos (líder operacional), Monica Atílio (apoio técnico), José Neto (técnico), Virgil Lopez e João Camargo Neto (assistentes técnicos), Diego Falcão (preparador físico), Isabel Rosa e Ariane Lopes (fisioterapeutas), Sanna Roque e Paulo Szeles (médicos), Juliana Bouvie (massoterapeuta), Ricardo Borin (preparador mental) e Thierry Gozzer (gerente de comunicação)

Jogos do Brasil na 1ª fase

1º de agosto (segunda-feira): Brasil x Colômbia, às 18h30
02 de agosto (terça-feira): Brasil x Uruguai, às 18h30
03 de agosto (quarta-feira): Brasil x Chile, às 18h30
(*) Todos no horário de Brasília (DF)