Experiente pivô trabalha visando o Campeonato Sul-americano 2022

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

Na Seleção Brasileira desde 1998, Érika de Souza está mais uma vez pronta para defender a camisa verde e amarela. Dessa vez, a jogadora inicia a caminhada em busca de uma vaga nas Olimpíadas 2024. Érika integra o grupo de atletas convocadas pelo técnico José Neto, que está treinando em Salto (SP), visando o Campeonato Sul-americano Adulto Feminino 2022, que ocorre na Argentina, de 1º a 06 de agosto.

Foto: Divulgação/CBB

“Estou bem feliz por mais uma vez fazer parte da Seleção Brasileira. A expectativa é sempre a melhor possível, pois sabemos do potencial desse grupo. Fase final de treinamento e estamos treinando duro. Sabemos das dificuldades, mas sei que temos a capacidade de chegar lá sair com a vitória”, declarou a pivô.

A estreia do Brasil será no dia 1º de agosto (segunda-feira) contra a Colômbia. Os demais adversários na fase inicial são Uruguai e Chile, os outros integrantes do Grupo B.

A jogadora do Sampaio Basquete falou sobre essa primeira etapa do ciclo olímpico de Paris 2024 para o Brasil. “Ainda é cedo para falar de Paris, mas estamos no caminho certo. E trabalhando duro como estamos trabalhando, sabemos que podemos chegar lá fortes e potentes”, relatou Erika.

Além da pivô, quem também integrou o grupo nesta última semana foi a ala/pivô Stephanie Soares, do Iowa State Unversity/EUA. Com isso, o grupo, já com as 12 jogadoras que disputam o Campeonato Sul-americano definidas, viaja no sábado (30 de julho) para San Luis, na Argentina.

Uma das mais experientes do grupo, Érika fez sua leitura dessa mescla de atletas experientes e novatas. “Temos meninas novas com um potencial muito bom que ainda precisa ser um pouco lapidado, mas com certeza é um trabalho que comissão já está trabalhando”, finalizou.