Anfitriã Croácia é a outra integrante do grupo

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

O Brasil estreia no Pré-olímpico Masculino, em Split, na Croácia, nesta terça-feira (29 de junho), diante da Tunísia, às 15h (de Brasília), com transmissão ao vivo pelo SporTV. A competição é o último caminho para Tóquio 2020 e apenas o campeão garante um lugar no torneio olímpico.

O Brasil fez grande parte da preparação na Polônia, com dois amistosos contra a seleção polonesa, vencendo ambos. Desde o final de semana, a equipe trabalha em Split, e o técnico Aleksandar Petrovic garante: estamos prontos para o desafio.

“Fizemos o último treino tático e posso dizer que estou muito contente com todos os jogadores, como estamos na quadra. Nos acostumamos a jogar nesse ginásio aqui em Split. Respeitamos a Tunísia por duas coisas. Jogadores com qualidade, um ex-jogador da NBA. E respeitamos o Pré-Olímpico, onde cada jogo é muito importante. E o Brasil quer e pode brigar pela vaga olímpica. Precisamos ganhar o primeiro jogo para ganhar também confiança, nos classificar para as semifinais e ir em busca do nosso objetivo”, disse Petrovic.

O Brasil enfrentou a Tunísia em apenas uma oportunidade, na Copa do Mundo de 2010, quando venceu (80 a 65), ainda na primeira fase. No último treino tático, Petrovic repassou toda parte defensiva e ofensiva do Brasil, focando, óbvio, no estudo da Tunísia. Uma vitória deixa o selecionado nacional praticamente classificada para as semifinais.

Após a partida contra a Tunísia, o Brasil volta à quadra na quarta-feira (30 de junho), no mesmo horário, diante da Croácia. Os dois primeiros times avançam para as semifinais, quando cruzam com o outro ‘mini-grupo’, formado por Alemanha, México e Rússia. A final será no dia 04 de julho e apenas o campeão do Pré-olímpico consegue um lugar em Tóquio 2020.

“Estamos preparados. Foram muitos treinos. Tempo bom para se preparar para esse campeonato. Estamos prontos para uma boa campanha e temos uma boa chance de nos classificarmos. Vamos dar o nosso máximo, o grupo está focado e pronto para dar o seu melhor. Estou muito feliz de estar aqui, me sinto pronto para um campeonato como o Pré-olímpico e buscar essa chance de disputar uma Olimpíada. Vestir a camisa da Seleção me deixa cada dia mais feliz e vamos com tudo”, finalizou o ala/pivô Bruno Caboclo.