Equipe nacional de “aspirantes” vai disputar o Globl Jam Canadá, em julho

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

A Seleção Brasileira Sub-23 Masculina está convocada para o Globl Jam Canadá, que será jogado entre os dias 05 e 10 de julho, em Toronto, no Canadá. A equipe será treinada pelo ex-jogador Tiago Splitter, assistente técnico do selecionado adulto e auxiliar no Brooklyn Nets. Ao todo, 16 jogadores foram convocados para os treinos que acontecem entre 27 a 30 de junho, no ginásio Wlamir Marques (SC Corinthians Paulista), em São Paulo (SP), embarcando no dia 1º de julho (sexta-feira) para o Canadá.

“É muito importante para essa garotada sub-23 ganhar essa experiência, essa oportunidade de enfrentar garotos que também estão em desenvolvimento como jogadores, na categoria adulta. Será um bom torneio para medirmos nossa força contra Estados Unidos, Canadá e Itália, grandes adversários. E para mim também é superimportante comandar esse time, garotada nova, e conseguir um bom resultado. Seria excepcional para o basquete brasileiro”, disse Splitter.

Entre os nomes convocados estão conhecidos já da Seleção adulta, como Yago Mateus, Caio Pacheco, Jonas Buffat e Márcio Henrique. Também aparecem nomes que foram bem na temporada no Brasil, como João Marcello (Mãozinha), Rafael Rachel, Felipe Motta, Dikembe Silva e Ruan Miranda. Jovens como Reynan e Samis, campeões Sul-americanos com a Seleção Sub-18 e vice-campeões da AmeriCup sub-18, além de um novato que está no exterior: Rafael Alberton, do Medipolis SC Jena, da Alemanha.

A Confederação Brasileira de Basketball (CBB) foi convidada pela Canada Basketball, e, além da Seleção Brasileira, o torneio terá Estados Unidos, os anfitriões e a Itália, todos com seus times sub-23.

O diretor executivo (institucional) da CBB, Marcelo Sousa, falou do retorno da credibilidade internacional do basquete brasileiro para a participação do país no Globl Jam diante de rivais da primeira prateleira do basquete mundial.

“Para nós é uma satisfação gigante ter o Brasil convidado para um evento de tamanha grandeza. Desde já, nosso agradecimento à Canada Basketball. O Globl Jam é um evento muito grande, planejamento pelas áreas de esporte e educação canadenses, e o convite ao Brasil é mais um exemplo de como o basquete brasileiro recuperou sua credibilidade dentro e fora das quadras. Esperamos fazer um grande torneio”, relatou.

O Globl Jam terá todas as nações se enfrentando na primeira fase, para apurar a classificação e definir os confrontos para a etapa decisiva. Depois, será decidido em formato de Final Four (1º x 4º e 2º x 3º) e depois a decisão.

O Brasil estreia contra o anfitrião Canadá, no dia 05 de julho (terça-feira). Depois enfrenta a Itália, no dia 06 (quarta-feira), e fecha a primeira fase no dia 07 de julho (quinta-feira) diante dos Estados Unidos.