Equipe nacional já seguiu viagem para Caracas, na Venezuela, local da competição

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

A Seleção Brasileira sub-18 masculina definiu, nesta sexta-feira (18 de março), os 12 nomes para a disputa do Campeonato Sul-americano da categoria. A comissão técnica comandada pelo técnico Vitor Galvani seguiu nesta sexta-feira (18 de março) para a Venezuela, após mais de duas semanas de trabalho no Sportville Centro de Treinamento, em Barueri (SP), onde o grupo passou por duas etapas até a definição.

O Brasil joga a competição continental entre os dias 21 a 26 de março, em Caracas, capital venezuelana, buscando um lugar na Copa América. O Brasil está no Grupo A, ao lado de Colômbia, Bolívia e Uruguai. No Grupo B ficaram Equador, Chile, Venezuela e Argentina.

“O Sul-americano é um torneio importante dentro do nosso planejamento e temos certeza que atletas e CT estão prontos para fazer o melhor na competição em Caracas. Vamos em busca de uma das vagas na Copa América. Tivemos a oportunidade de realizar um Camp com esses jovens, onde observamos 27 jogadores, além dos atletas que defenderam suas seleções no torneio em Goiânia”, comentou Diego Jeleilate, diretor-técnico dos selecionados nacionais masculinos.

Pelo formato de disputa do Campeonato Sul-americano, as duas melhores equipes de cada chave avançam para as semifinais. Os três primeiros colocados garantem vaga na Copa América Sub-18, ainda em 2022, e que será classificatória para o Campeonato Mundial Sub-19, em 2023.

“A ideia da convocação foi buscar os melhores jogadores que existem no Brasil hoje. A gente teve uma avaliação muito boa no Camp e no torneio de Seleções. E também trouxemos os jogadores que estão fora. A gente acredita que esses garotos que estão jogando no exterior têm essa rodagem de jogar um basquete diferente, eles conseguem trazer características diferentes para o jogo. Vamos muito focados para buscar uma das três vagas”, completou o técnico, Vitor Galvani.

Seleção Brasileira

Armador: Daniel Tedesco (ASD Basket Corato)

Ala/Armador: Breno Campos Silva (NBA Latin America Academy), Eduardo Klafke (Sesi Franca), Lucas Vieira Lopez Atauri(CA Paulistano) e Reynan Gabriel Camilo (Sesi Franca)

Ala: Gabriel de Andrade Landeira (Zentro Basket Madrid), Guilherme Tesch (North Broward Preparatory School) e Samis Rodrigues Calderon (SC Corinthians Paulista)

Ala/Pivô: Enrico de Paula Oliveira (São Paulo FC), Leandro Cardoso Inácio (CA Paulistano), Silvio Nicoliello Neto (CA Paulistano) e Vitor Hugo Farias Cardoso (Sesi Franca)

Comissão Técnica: Diego Jeleilate (diretor-técnico), Ricardo Carvalho (administrador) Ricardo “Cadum” Guimarães (supervisor), Vitor Galvani (técnico), Bruno Porto Prado e Silva (assistente-técnico), Clovis “Vita” Haddad (coordenador de Preparação Física), Felipe Tinoco e Fernando Jaeger (preparadores físicos), Carlos Vicente Andreoli (diretor do Departamento de Saúde), Matheus Winckler e Victor Prado Kallas Andrade (médicos) e Silvanio Signoretti (fisioterapeuta)