Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

O diretor Institucional da Confederação Brasileira de Basketball (CBB), Marcelo Sousa, fez um giro pelo Norte/Nordeste do Brasil na última semana, se encontrando com lideranças do basquete locais. Em um primeiro momento, o diretor esteve em Aracaju (SE), para acompanhar o Prêmio Brasil Olímpico, do Comitê Olímpico do Brasil (COB), ao lado da vice-presidente da CBB, Maria Paula Gonçalves (Magic Paula).

Na mesma semana, Sousa se encontrou com o presidente da Federação Sergipana de Basketball (FSB), Kleber Quintela, para uma reunião com a finalidade de alinhar novas possibilidades para o grande trabalho já realizado em Sergipe. Marcelo também esteve ao lado do Secretário Municipal de Esportes de Aracaju, Sérgio Thiessen.

“Foi um momento importante para a CBB, pois pudemos ver de perto o grande trabalho de desenvolvimento que o Kleber vem fazendo em Sergipe, com campeonatos da base ao adulto e também no 3×3. Kleber é uma grande liderança no Nordeste”, explicou Marcelo Sousa.

 

Foto: Divulgação/CBB

 

A sequência da viagem teve uma passagem por Salvador (BA), onde o diretor Institucional acompanhou dois dias das finais do Campeonato Brasileiro de Basquete 3×3, realizada no Shopping Paralela. Lá, ele esteve ao lado do presidente da Federação Baiana de Basketball (FBB), Walter Fernandez, do presidente da Federação Amazonense (FAB), Ali Assi, além do diretor técnico da Federação Catarinense de Basketball (FCB), Luís Gastão Dubois, e do gerente de desenvolvimento do 3×3 da CBB, Francisco Chagas.

“O Nordeste e o Norte têm grande potencial no basquete e tem grandes jogadores na nossa história. E Ali Assi e o Walter têm feito trabalhos espetaculares em suas federações, assim como nossos amigos da Federação Catarinense, que estiveram nas finais em Salvador acompanhando suas equipes de Santa Catarina. O desenvolvimento do basquete brasileiro passa pela inclusão cada vez maior de mais praças e do fortalecimento delas”, finalizou Marcelo Sousa.