Nova etapa da competição continental é eliminatória e só os vencedores garantem vaga na semifinal e asseguram classificação para a FIBA World Cup U19 2023

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

A Seleção Brasileira enfrenta a República Dominicana, nesta sexta-feira (10 de junho), às 15h30 (Brasília), no Auditorio Zonkeys, na cidade de Tijuana, no México, pelas quartas-de-final da FIBA AmeriCup U18 2022. Esta é uma etapa importante, já que vencendo este duelo, além de se garantir na semifinal e seguir na luta pelo título, o selecionado nacional já assegura classificação para a FIBA World Cup U19 2023.

Na fase inicial, o Brasil fechou a sua participação na primeira colocação do Grupo A, com duas vitórias (Argentina e México) e uma derrota (Canadá). Já a República Dominicana ficou na quarta colocação do Grupo B, com três derrotas (Estados Unidos, Porto Rico e Equador).

Os demais confrontos das quartas-de-final são esses: Estados Unidos x México, Argentina x Equador e Porto Rico x Canadá.

Seleção Brasileira: 04. Gabriel Ladeira, 05. Silvio Nicoliello Neto, 06. Samis Calderón, 07. Gabriel Oliveira), 08. Eduardo Klafke, 09. Reynan dos Santos, 10. Guilherme Tesch, 11. Vitor Brandão; 12. Vítor Cardoso, 13. Leandro Inácio, 14. Lucas Atauri e 15. Vitor Carvalho

Comissão Técnica: Diego Jeleilate (diretor técnico), Ricardo Carvalho (administrador), Ricardo “Cadum” Guimarães (supervisor), Vitor Galvani (técnico), Bruno Porto Prado e Silva (assistente técnico), Clovis “Vita” Haddad (coordenador de preparação física), Fernando Jaeger (preparador físico), Carlos Vicente Andreoli (diretor do departamento de Saúde), Murilo de Paula Souza e Victor Prado Kallas Andrade (médicos) e Rafael Francis Plein (fisioterapeuta)

De acordo com o regulamento, os ganhadores das quartas-de-final se garantem na semifinal, seguindo na briga pelo título.