Jogando bem, equipe de Gustavo De Conti já está garantido na etapa seguinte da competição, que tem como objetivo final apontar classificados para a Copa do Mundo – 2023

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

A Seleção Brasileira derrotou a Colômbia, nesta segunda-feira (28 de fevereiro), por inapeláveis 119 a 73 (57 a 36 no primeiro tempo), em jogo realizado no ginásio Municipal Pedro Murilla Fuentes (Pedrocão), na cidade de Franca (SP), complementando a segunda janela das Eliminatórias para a Copa do Mundo – 2023. Com este resultado, o time comandado pelo técnico Gustavo De Conti manteve o 100% de aproveitamento nesta disputa, já garantindo vaga na etapa subsequente e ocupando a primeira colocação do Grupo B.

O selecionado nacional esteve sempre na frente, com o primeiro quarto sendo o mais equilibrado. Na sequência, no entanto, o fato de contar com apenas nove jogadores pesou para o grupo colombiano, que foi gradualmente dominado pelo conjunto brasileiro, especialmente no momento das trocas. De Conti foi inteligente na opção de rodízio dos atletas em quadra e isso fez a sua equipe manter a intensidade nos dois lados da quadra durante os 40 minutos.

Na frente e bem fisicamente, o Brasil foi impondo cada vez mais o seu ritmo e proporcionando um belo espetáculo aos torcedores que compareceram em bom número aso Templo do Basquete. Destaque também para o aproveitamento alto nas bolas de média e longa distância. Desta maneira, a equipe brasileira venceu de forma convincente e sem sobressaltos – 25 a 21 (primeiro quarto), 32 a 15 (segundo quarto), 27 a 20 (terceiro quarto) e 35 a 17 (quarto final).

“Fizemos um jogo equilibrado, tivemos um grande aproveitamento nas bolas de três pontos, com 21, e tornamos o jogo fácil. A Eliminatória é um torneio que todos os resultados contam e fico feliz com a entrega da equipe e com toda a motivação e disposição que entramos em quadra nessas duas partidas em Franca”, analisou Gustavo De Conti, técnico do Brasil.

Os atletas mais efetivos foram Vitor Benite (21 pontos, 04 rebotes e 06 assistências), Bruno Caboclo (20 pontos e 06 rebotes) e Lucas Mariano (15 pontos e 07 rebotes), pelo selecionado brasileiro; Tonny Trocha (21 pontos e 06 rebotes) e Michaell Jackson (12 pontos e 05 rebotes), em favor da equipe colombiana.

Foto: Marcos Limonti/Divulgação

 

A classificação de momento do Grupo B é esta: 1º) Brasil (04 vitórias), 2º) Uruguai (03 vitórias e 01 derrota), 3º) Chile (01 vitória e 03 derrotas) e 4º) Colômbia (04 derrotas).

O Brasil fecha participação na fase inicial das Eliminatórias para a Copa do Mundo – 2023, com dois compromissos fora de casa: contra o Uruguai, no dia 30 de junho (quarta-feira); e diante da Colômbia, em 03 de julho (domingo).

A segunda fase está marcada para começar no dia 25 de agosto (quarta-feira). Esta etapa nova vai reunir os três melhores classificados em cada um dos grupos na fase inicial (A, B, C e D), carregando consigo os resultados já obtidos ao longo da primeira fase.

Os qualificados Grupo B, que conta com a Seleção Brasileira, vão encarar as nações oriundas do Grupo F, que tem Estados Unidos, Porto Rico, México e Cuba como integrantes.