Partidas válidas pela Eliminatórias ocorrerão no ginásio Pedrocão, em Franca (SP)

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

A Seleção Brasileira Masculina está convocada para os jogos contra Uruguai e Colômbia, válidos pela segunda ‘janela’ das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2023. Os duelos acontecem no Ginásio Municipal Pedro Murilla Fuentes (Pedrocão), em Franca (SP), nos dias 25 e 28 de fevereiro (sexta-feira e segunda-feira).

O técnico Gustavo De Conti, recém-campeão da Copa Intercontinental pelo CR Flamengo, terá 14 atletas, mesclando juventude e experiência para manter o Brasil na liderança do seu grupo. As novidades na lista são os retornos do armador Marcelinho Huertas, do ala Léo Meindl e dos pivôs Rafael Hettsheimeir e Augusto Lima. O grupo se completa com os atletas que já foram chamados na primeira convocação do treinador, quando o Brasil derrotou o Chile por duas vezes.

“Teremos dois jogos importantes e difíceis, atuando dentro do Brasil e com a obrigação de seguir evoluindo como grupo em todos os sentidos, dentro e fora de quadra. Será a minha primeira vez como treinador da Seleção comandando o time dentro do país, estou muito feliz, mas quando nos apresentarmos o pensamento será apenas em preparar a Seleção para bons jogos diante de Uruguai e Colômbia”, disse Gustavo De Conti, técnico do Brasil.

A apresentação está marcada para o dia 21 de fevereiro, em Franca (SP), quando a Seleção Brasileira inicia seus treinos no Pedrocão. O primeiro jogo será contra o Uruguai, em 25 de fevereiro (sexta-feira), às 19h10 (de Brasília). Já o confronto diante da Colômbia acontece no dia 28 de fevereiro (segunda-feira), às 20h (de Brasília). As duas partidas terão transmissão ao vivo pelos canais ESPN.

Os ingressos para os jogos já estão à venda na Loja Oficial do Sesi Franca, no Shopping dos Calçados de Franca e no Site Quero2 Ingressos.

Eliminatórias
Na primeira fase, o Brasil está no Grupo B, ao lado também de Colômbia e Uruguai. Pelo formato de disputa da disputa, as 16 seleções das Américas são separadas na primeira fase em quatro grupos com quatro integrantes em cada um dele, formando os Grupos A, B, C e D, com jogos de ida e volta dentro dos grupos, totalizando seis partidas. Os três melhores de cada chave avançam para a segunda fase, quando serão formados os Grupos E e F, com seis equipes em cada um, com a seguinte formatação: Grupos A + C formam o Grupo E; Grupos B + D formam o Grupo F.

Neste segundo momento, todas as equipes carregam os resultados da primeira fase e jogam apenas contra as equipes que não enfrentaram na etapa anterior. Pelo sorteio, o Brasil teria três rivais pela frente no futuro Grupo F, entre Estados Unidos, Porto Rico, México e Cuba, também com jogos de ida e volta. Os três primeiros após o fim dos duelos + o melhor quarto colocado entre os Grupos E e F se classificam para a Copa do Mundo 2023, somando sete postos das Américas na competição.

A Copa do Mundo acontece entre os dias 25 de agosto e 10 de setembro de 2023, com Japão, Filipinas e Indonésia dividindo o direito de sediar a disputa.

Convocados

Armadores: Marcelinho Huertas (Lenovo Tenerife-ESP) e Yago Matheus (CR Flamengo)

Alas/Armadores: Georginho de Paula (Sesi Franca Basquete) e Gui Deodato (123 Minas Tênis Clube)

Laterais: Léo Meindl (Urbas Fuenlabrada-ESP) e Vitor Benite (Hereda San Pablo Burgos-ESP)

Alas/Pivôs: Rafael Mineiro (CR Flamengo), Lucas Dias (Sesi Franca Basquete), Bruno Caboclo (São Paulo FC) e Tim Soares (Ironi Ness-ISR)

Pivôs: Rafael Hettsheimeir (Zopone/Unimed Bauru Basket), Lucas Mariano (Sesi Franca Basquete), Cristiano Felício (Ulm-ALE) e Augusto Lima (UCAM Murcia-ESP)

Comissão Técnica: Diego Jeleilate (diretor técnico), Bruno Valentin (gerente administrativo), Gustavo De Conti (técnico), Vitor Galvani e Helinho Garcia (auxiliares técnicos), Bruno Nicolaci (preparador físico), Carlos Andreoli (médico), Bruno Secco (fisioterapeuta) e Thierry Gozzer (gerente de comunicação)