Além disso, o selecionado nacional se qualificou para o Pré-Mundial – 2022

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

O Brasil garantiu vaga na semifinal da FIBA Women’s AmeriCup – 2021 ao derrotar a Venezuela, nesta quinta-feira (17 de junho), por 90 a 59 (49 a 18 no primeiro tempo), em jogo realizado no Coliseu Roberto Clemente, na cidade de San Juan, Porto Rico. Com este resultado, a equipe comandada pelo técnico José Neto, além de garantir vaga para o Pré-Mundial – 2022, primeiro objetivo nesta competição, se qualificou para semifinal, seguindo na luta pelo título.

Jogando com seriedade, o selecionado nacional logo impôs seu melhor ritmo e não deu chances para que ocorresse uma surpresa. Com isso, dominou quase que por completo as ações, fazendo a diferença crescer bastante em três períodos, o que deu chance ao técnico José Neto de rodar bastante as suas atletas em quadra – 20 a 08 (primeiro quarto), 29 a 10 (segundo quarto), 22 a 26 (terceiro quarto) e 19 a 15 (quarto final).

Os destaques da partida foram Thayna Silva (15 pontos e 08 rebotes) e Tassia Carcavalli (14 pontos), pelo Brasil; Genesis Rivera (15 pontos e 04 rebotes) e Yosimar Corrales (12 pontos e 05 rebotes), em favor da Venezuela.

 

Foto: FIBA

 

Os demais resultados das oitavas-de-final foram estes: Estados Unidos 97 x 46 Ilhas Virgens, Canadá 90 x 53 República Dominicana e Porto Rico 77 x 69 Colômbia.

Na semifinal da FIBA Women’s AmeriCup – 2021, a Seleção Brasileira vai enfrentar os Estados Unidos, já nesta sexta-feira (18 de junho), no mesmo local, às 19h10 (de Brasília). O outro duelo semifinal reúne Canadá x Porto Rico, às 21h10 (de Brasília).

De acordo com o regulamento, os dois vencedores garantem vaga na grande final e disputam o título.